quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

FIM DE ANO - Tempo de levantar os seus próprios muros caídos











Quem nunca sentiu que em algum momento da vida não se viu diante de seu "muro" destruído, por tristezas, decepções, traições, angústias e etc? 
Muro não quer dizer um empecilho para ir a diante, mas também pode ser um sinônimo de proteção?
Com base no livro de Neemias que venho retornar a escrever no meu Blog sendo também um momento oportuno do Final do Ano de 2014. Mais um ano se vai e renovamos as nossas esperanças, mas será que fazemos a nossa parte para que que estas esperanças venham a ser um milagre concretizado? Faço muitas perguntas porque as faço a mim mesma... Neemias era um hebreu na Pérsia, servo copeiro que quando escutou que o Templo de Jerusalém estava sendo reconstruído resolveu que tinha que fazer algo para reverter aquela situação. Sua preocupação foi de saber que não havia nenhum muro para proteger a cidade. Neemias se colocou diante de  pediu a Deus e orou para que o usasse para salvar a cidade. Deus respondeu à sua oração e ainda amenizou o coração do rei persa Artaxerxes, que não só deu a sua benção, mas também material para ser usado no projeto, ele creu na fidelidade de seu servo. Neemias recebe permissão do rei para regressar a Jerusalém. Apesar da oposição e das acusações, o muro foi construído e os inimigos silenciados. Os seus opositores tentaram parar a obra para que Jerusalém não fosse restaurada. O povo, inspirado por Neemias, deu o dízimo de muito dinheiro, material e mão de obra para concluir o muro em um notável período de 52 dias mesmo com todos os percalços.

Foram restauradas 12 portas que eram as portas que faziam parte do grande muro que circundava Jerusalém. Cada porta pode se vislumbrar várias áreas de nossas vidas que em algum momento temos que nos posicionar como Neemias e restaurar estes nossos muros.

Neemias restabeleceu a verdadeira adoração através de oração e ao encorajar as pessoas à revitalização através da leitura e da adesão à Palavra de Deus. Neemias era um homem de oração e orou fervorosamente pelo seu povo. Sua intercessão zelosa pelo povo de Deus prefigura o nosso grande intercessor, Jesus Cristo, que orou fervorosamente pelo Seu povo em Sua oração sacerdotal de João 17. Ambos Neemias e Jesus tinham um amor ardente pelo povo de Deus que eles derramavam em oração, intercedendo por eles diante do trono. Neemias liderou os israelitas a um grande respeito e amor pelo texto da Escritura. Neemias, por causa de seu amor por Deus e seu desejo de ver Deus honrado e glorificado, conduziu os israelitas à fé e obediência que o Senhor havia desejado para eles por tanto tempo.